SAÚDE
BELEZA
TERAPIAS ALTERNATIVAS
GASTRONOMIA
AUTOMOTIVO E INDUSTRIAL
CRIATIVIDADE E ARTE
GESTÃO
TECNOLOGIA E INFORMÁTICA
GRADUAÇÃO E PÓS GRADUAÇÃO
JANEIRO BRANCO

Janeiro Branco: Olhar para si mesmo é fundamental. Quando você olha para si mesmo, o que você vê?

 

12 meses. 366 dias. 2020 foi um longo ano. E em um ano tão intenso, responsável por tantas mudanças, que nos fizeram sair da rotina e forçadamente criar uma nova, aquela em que nossa principal função foi “quarentenar” e viver tantas emoções juntas, como ficou e está nosso emocional? Este texto é para você pausar e refletir.

 

O Janeiro Branco é uma campanha ao estilo da Campanha Outubro Rosa e da Campanha Novembro Azul. O seu objetivo é chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas e das instituições humanas.

 

Uma humanidade mais saudável pressupõe uma cultura da Saúde Mental no mundo! Por isso foi criada em 2014 e atualmente é disseminada por vários profissionais da saúde no Brasil todo, tornando-se uma Campanha efetiva e ativa, educacional e fundamental para que as pessoas iniciem o ano pensando em si próprias e em seus sentimentos. Janeiro, portanto, é uma página em branco para todos nós, onde muitas vezes desejamos reescrever uma nova história, criamos promessas e planejamos depender de nossas ações.

 

Pensando nisso, psicólogos de Uberlândia (MG) criaram o Janeiro Branco, para incentivar as pessoas a mudarem suas vidas e buscarem o que as faz felizes, convidando-as a entender que, assim como os anos, a vida é feita de ciclos, de forma que, com empenho, podemos encerrar aqueles que não nos fazem bem e iniciar os que nos trarão felicidade. A escolha da cor branca é inspiradora: é a partir do branco que toda cor pode surgir, possibilitando colorirmos nossas vidas com o tom que desejarmos. O branco é, afinal, um convite à criatividade.

 

A conscientização que tem como lema “Quem cuida da mente, cuida da vida”, ganhou força e alcançou mais pessoas: chegou em outras cidades mineiras, em São Paulo e até em países como Portugal, Estados Unidos e Japão, o que demonstra a urgência de colocar esse tema em discussão.

 

Porque as Informações sobre Saúde Mental são importantes?

 

Campanhas geram conscientização, combatem tabus, mudam paradigmas, orientam os indivíduos e inspiram autoridades a respeito de importantes questões relacionadas às vidas de todo mundo! Campanhas são necessárias e indispensáveis para todos os públicos, cuidar da mente é cuidar da Vida.

 

As ações do Janeiro Branco são uma fonte inesgotável de ações e de reflexões sobre ouvir e falar sobre sentimentos, por isso a Campanha promove palestras, palestras-relâmpago, oficinas, cursos, workshops, entrevistas midiáticas, caminhadas, rodas de conversa e abordagem de pessoas em todos os lugares nos quais as pessoas se encontram: ruas, praças, igrejas, empresas, residências, academias, shoppings, hospitais, prefeituras etc.

 

Em janeiro de 2021 a Campanha deu um salto gigante, por causa da pandemia do Covid-19, priorizou-se espaços abertos e meios online para que seja cada vez mais possível o acesso a saúde mental.

 

Instituto Eleven Cursos profissionalizantes Janeiro Branco

 

Qual o objetivo principal do Janeiro Branco?

 

Chamar a atenção de todo mundo para o tema da saúde mental na vida das pessoas.

 

Quando se fala em saúde mental, muitos relacionam à ausência de doenças, como depressão, ansiedade, bipolaridade etc. A Organização Mundial da Saúde – OMS, entretanto, conceitua saúde como um completo estado de bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doenças ou demais enfermidades.

 

Pausar em janeiro virou uma rotina, é quando percebemos quão importante é olhar para nós mesmo e refletir sobre o que vemos em nós, o que enxergamos que não nos tem encaixado? Você se enxerga a ponto de perceber o que te incomoda? É preciso se ouvir, ouvir o outro, ouvir seus filhos, sua família e o mais importante, é preciso ouvir você e se escutar, o que os seus pensamentos dizem. Você já fez este exercício?

 

No Brasil, estima-se que em cada 100 pessoas pelo menos 30 delas tenham ou venham a ter problemas de saúde mental. A depressão, a ansiedade e a síndrome do pânico são os principais.

 

Para isso separamos algumas ações quem podem sempre nos ajudar a manter a saúde mental:

• Não se isole, ao enfrentar um desafio ou problema;

• Reforce seus laços familiares e de amizade – estar ao lado de quem quer você bem ajuda sempre!

 

• Diversifique os seus interesses – que tal uma nova rotina, atividade física, um curso da área em que gosta ou aprender coisas novas.

• Estimule a criatividade.

• Mantenha-se intelectual e fisicamente ativo. Procure um livro que goste de ler, desenhe, procure fazer artesanato, caminhe no parque, passeie com seu cachorro! Afinal, qual foi a última vez que fez alguma dessas atividades, ou as colocou como prioridade em sua rotina?

• Consulte o seu médico, perante sinais ou sintomas de constante alteração emocional.

Mercado de Trabalho

 

Promover a saúde mental dos colaboradores. 

 

Esta Campanha vai além do olhar individual e sim por todos os espaços que compartilhamos, como o ambiente de trabalho por exemplo. Para que uma empresa alcance bons resultados, é imprescindível contar com colaboradores engajados e saudáveis. Assim, há um aumento da produtividade e redução das faltas e do absenteísmo. Todavia, os números mostram que não é isso o que ocorre em muitas organizações, visto que os transtornos mentais são uma realidade presente no trabalho. De acordo com a Previdência Social, a depressão foi a décima maior causa de mais afastamentos em 2017, o que gerou mais de 43 mil auxílios-doença.

 

Como promover ações na sua empresa acerca desta Campanha?

 

Devido à relevância da questão, esse é um movimento que pode e deve ser levado para o ambiente corporativo, com a implementação de ações voltadas para o bem-estar psicológico dos colaboradores. É, portanto, uma maneira de investir em psicoeducação, para que no ambiente de trabalho, os colaboradores passem a ter consciência de suas emoções e saibam como identificar os problemas psicológicos, de forma a se prevenir e evitar que se tornem algo mais grave no futuro.

 

Assim, as pessoas deixam de encarar o tema de saúde mental como tabu e também passam a procurar ajuda, como as terapias, se necessário. Ou mesmo a empresa pode criar este canal entre os colaboradores, disponibilizando um profissional da área em atendimentos agendados, ou mesmo desenvolver um ciclo de palestras em ciclos de equipes, onde todos podem contribuir e também expor melhorias no ambiente. Abaixo confira alguns exemplos:

 

• Realizar palestras e distribuir materiais informativos focados na importância de cuidar da saúde mental;

• Oferecer um ambiente profissional seguro e confortável, priorizando móveis ergonômicos, temperatura e luminosidade agradáveis, entre outros pontos;

• Conceder benefícios, como o plano de saúde, para que os colaboradores se sintam valorizados e motivados sabendo da preocupação da organização com sua saúde e bem-estar;

• Incluir outros benefícios, como cursos de capacitação, distribuição de ingressos de shows e cinemas, realização de convênios com academias e escolas e até mesmo incentivos financeiros;

• Implementar programas de saúde mental com objetivos direcionados, ou seja, segundo as necessidades emocionais do seu time;

• Instituir pausas durante a jornada a fim de evitar a sobrecarga de trabalho;

• Incentivar e orientar quanto a hábitos saudáveis — como a prática de atividade física regular — e quanto a técnicas de relaxamento, como a meditação.

 

Esta campanha, traz um alerta para a sociedade sobre a necessidade de se discutir a respeito da saúde mental.

 

Para as empresas, é a oportunidade para iniciar um programa efetivo para seus colaboradores focado nessa questão — com o intuito de promover o bem-estar das equipes e também melhorar sua produtividade. Contudo, a primeira meta desta campanha é "A primeira meta é cuidar da gente mesmo"!

 

Muitas pessoas, quando pensam no tema “Saúde Mental” acabam na verdade fazendo uma associação com “Doença Mental”. Entretanto, a saúde mental implica muito mais que a ausência de doenças mentais. Então, saúde mental é: 

– Estar bem consigo mesmo e com seus familiares, colegas, amigos e qualquer outro;

– Entender os desafios da vida;

– Saber lidar com as boas emoções e também com aquelas desagradáveis, mas que fazem parte da vida;

– Reconhecer o próprio limite e buscar ajuda quando necessário.

 

Instituto Eleven Cursos profissionalizantes Janeiro Branco

 

E como começar a criar um novo começo?

 

A campanha sugere que, neste início de ano, todos nós tomemos algumas medidas em prol de nossa saúde mental:

• Refletir: com a chegada do ano novo, aproveite o momento de reflexão para pensar no que você, pode mudar na sua vida para ser mais feliz.

 

• Aceitar os ciclos: assim como os anos que iniciam e acabam, a vida também é feita de ciclos. Portanto, entenda que, se você estiver num mau momento, ele vai passar. E uma próxima etapa, de reconstrução e alegrias chegará. Então aproveite para se preparar para o próximo ciclo que vai começar!

 

• Preparar-se para agir: o hábito de meditar e refletir sobre o que está acontecendo com você é essencial para conquistar o estado mental que você deseja. Sendo assim, o que você pode fazer, que pensamentos pode ter, que possam levar você a ter uma vida mais saudável e feliz? Na jornada para o autoconhecimento, repousar é tão importante quanto agir. Pense nas suas vitórias, nas grandes e nas pequenas.

 

Dê um descanso para a sua mente, se cobre um pouco menos. Seja gentil com você e com o seu corpo. Se perdoe e viva! Por uma Cultura da Saúde Mental. Porque todo Cuidado Conta!

 

Canais de Atendimento Gratuitos

 

Conteúdos gratuitos sobre a Campanha:

Acesse o link e informe-se ou compartilhe com quantas pessoas conseguir e sentir necessário: Todos têm direito à Saúde Mental!

https://drive.google.com/drive/folders/1AwWlxduPqEMao26-K3UaNwlBR44y1cJ_

Entrar em contato com a equipe direta da Campanha em: janeirobranco@gmail.com

 

Atendimento à Comunidade

UFPR SERVIÇOS ESCOLA CPA – Centro de Psicologia Aplicada 

http://www.humanas.ufpr.br/portal/psicologia/centro-de-psicologia-aplicada/

Das 8h30 às 14h30 com Edvaldo da Silva Amaral e das 14h30 às 20h30 com Wagner da Cruz.

Praça Santos Andrade, 50 (Prédio Histórico) – 1º andar da Psicologia, sala 112.

Telefone: (41) 3310-2614 E-mail: centrodepsicologia@ufpr.br

 

TelePaz – Acolhimento emocional

Para os servidores: 3350 8200

Para a população em geral: 3350 8500

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 18 horas

 

TeleMedicina

 Agendamento 0800-645-5558 3350-8500 (para toda a população). 

 

Unibrasil

As consultas são agendadas pelo telefone 3267-9108 ou na própria clínica

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/curitiba/atendimento-psicologico-universidades-curitiba/

 

Uniandrade

Para se inscrever, o interessado deve ligar no telefone 3012-3368 ou mandar um e-mail para servicodepsicologia@uniandrade.edu.br.

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/curitiba/atendimento-psicologico-universidades-curitiba/

 

PUCPR

Para participar, os interessados devem entrar em contato pelo 41 3271-2457

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/curitiba/atendimento-psicologico-universidades-curitiba/

 

Por Juliana S. Ribeiro - Coordenadora Online do Instituto Eleven

CADASTRE-SE AGORA!
E RECEBA AS NOVIDADES NO SEU EMAIL.
POSTS POPULARES

28/02/2021
CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE ALZHEIMER
28/01/2021
JANEIRO BRANCO
26/01/2021
O QUE É SER FOTOGRAFO
SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Instituto Eleven - Conheça nossos cursos profissionalizantes


Instituto Eleven é parceiro da ABED Associação Brasileira de Educação a Distância

Matriz - Centro / 41 3010.9777
Rua Dr. Faivre, 1330 - Curitiba

Sede Centro / 41 3057.7307
Rua Marechal Deodoro, 60 - Curitiba

Sede Fazenda Rio Grande /
41 3070.4727
Rua César Carelli, 274

Sede Paranaguá / 41 3722.6252
Rua Alípio dos santos (esquina com a José Gomes), Palmital

FALE CONOSCO QUANDO PREFERIR



325 WEB - Criação de Sites e Sistemas para WEB
>